Por favor, concentre-se! - Jotapix Agência DigitalJotapix Agência Digital
Infográfico: 21 maneiras de encontrar inspiração
26 de setembro de 2015
23 sites que oferecem cursos online gratuitos com certificado
28 de setembro de 2015
Show all

Por favor, concentre-se!

Não é novidade dizer que com as novas tecnologias grande parte de seus usuários tem perdido a concentração e pior que isso, o foco. A enxurrada de mensagens e estímulos interativos tornam nossas vidas cada fez mais complexas pois esses demandam grande parte da nossa atenção.

Quando dizem que a depressão é a doença do século, não estão errados. Vivemos em tempos super modernos, muito competitivos e que nos impõem grandes tensões. É difícil não ver a vida assim, pelo menos em grandes centros capitalistas. Mas não tentar ver a vida de outras formas é um grande erro, existem maneiras de balancear e melhorar nossos dias e dos outros também. Ter foco é uma das grades ferramentas para aliviar o peso que o mundo nos impõe.

Esse mês tive a oportunidade de participar de um workshop com grandes executivos de uma grande empresa/marca brasileira. Estavam buscando um novo caminho para reposicionar uma de suas marcas no mercado. Trabalho difícil, no cenário atual, e que merece muita reflexão. Lá pelo meio do dia, depois de diversas dinâmicas um deles comentou comigo que quando a empresa estava em apuros, ele e outros executivos ficaram mais unidos e batalharam para que dessem a volta por cima. Essa situação extrema de vencer ou vencer, fez com que eles acertassem o foco e juntos chegassem a uma solução, transformando uma cenário de crise, e possível falência, em uma empresa admirada e bilionária. Isso para dizer que talvez não tenha nada de errado com o produto ou mensagem que eles tem hoje, e sim com o sistema interno de como as decisões são tomadas no dia a dia, por hoje terem uma situação relativamente confortável o foco pode estar no lugar errado.

Tem uma frase que adoro que diz assim: “O problema não é o problema.” Temos que ir mais fundo para entender o que está acontecendo e para encontrar as respostas mais verdadeiras para nossas questões.

Por acaso, assistindo a excelente série “Chef’s Table” do Netflix, um dos Chef’s protagonistas diz: “Estar a beira do abismo, aumenta nosso foco.” Essa afirmação serve como provocação para que a gente nunca se acostume com o lugar comum e para isso é necessário muita atenção.

O livro Foco, de Daniel Goleman, diz que o foco é o segredo do sucesso. Se é o segredo eu não sei, mas que é uma das grandes ferramentas para ser bem sucedido, em todos os aspectos da vida, não tenho menor duvida.

O livro em si perde o foco, pois tentar abordar muitos assuntos. Porém nas entrelinhas de alguns temas que o autor percorre encontrei ferramentas que são bacanas e merecem mais profundidade.

Aqui as 2 mais que mais me chamaram a atenção:

  • Triplo Foco: Foco Pessoal (interno), nos outros e no sistema (externo). Explorando essas três lentes e encontrando um balanço entre elas nos faz tomar melhores decisões e nos ajudar a navegar de forma mais calma neste vasto oceano que se chama vida.
  • Top Down e Bottom Up: Basicamente esses termos querem dizer que nem sempre estamos conscientes de nossas ações, o corpo é inteligente e as vezes decisões que não foram pensadas (Bottom up), tomam conta da nossas vidas. Estar atento a elas e saber liderar o comando (Top Down) pode ser o que nos separe dos nossos ancestrais.

Os dois tópicos acima podem ser mais explorados em uma pesquisa rápida pela internet. Buscando eu encontrei o site da Greater Good Science Center, que fica em Berkeley e se dedica a estudar e ensinar temas da maior importância relacionados ao nosso bem viver.

Então, chegou a hora de tomar as rédeas de sua própria vida, separar o joio do trigo, saber para o que dizer sim e mais importante que isso, saber dizer não.

Se tudo é urgente nada é importante.

(imagem: shutterstock)

Artigo escrito por Fábio Seixas para o site Update or Die.

Julcenei Cardoso
Julcenei Cardoso
Admiro Dalai Lama, mas prefiro Sun Tzu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *